Os comandos break e continue: interrompendo e alterando fluxos e loopings

Nesta parte de nossa apostila online iremos ver os comandos break e continue, do Java, que servem para nos propiciar um maior controle sobre o fluxo dos aplicativos, especialmente das iterações dos loopings.



Para que servem os comandos BREAK e CONTINUE em Java

Geralmente, em nossos programas de Java, iremos usar os laços while, for e do ... while para procurar algum ítem, número ou checar alguma condição.

Por exemplo, imagine que você foi contratado para fazer um programa, em Java, claro, para um banco.
Em um momento do aplicativo, o cliente insere o número de sua conta e o programa vai buscar esse número no banco de dados do sistema, que tem milhões de clientes cadastrados.
Ele vai fazer essa busca através de um looping.

Porém, imagine que o programa encontra os dados do cliente logo no começo, logo nas primeiras posições.
E aí, vai checar todo o resto do banco de dados?
Claro que não, isso seria perda de tempo.

É aí que entram os comandos break e continue. Esse seria um bom exemplo onde daríamos um 'break' no laço, pois já encontramos o que queríamos.


O comando break


Break significa quebrar, parar, frear, interromper. E é isso que se faz.
Quando o Java encontra esse comando pela frente, ele interrompe o laço/estrutura de controle ATUAL, como o while, for, do ... while e o switch (que veremos no próximo artigo da apostila).

Vamos mostrar um exemplo do uso do break através de um exemplo matemático.

Exemplo de uso:

Suponha que você é um cientista e quer saber se entre os números 1 e um milhão existe um número que é múltiplo de 17 e 19, ao mesmo tempo.
Ou seja, queremos saber se existe um número entre 1 e um milhão que deixa resto 0 na divisão por 17 e por 19.
Caso exista, o imprima. E só imprima o menor.

Poderíamos fazer um laço de 1 até 1 milhão, e testar isso através de um for.
Ok, é uma solução. O principal na vida profissional de um programador é saber resolver o problema.

Vamos usar um método chamado 'currentTimeMillis()', que retorna um tipo 'long' com o tempo atual do sistema em mili segundos. Vamos declarar esse tipo no início e ao fim do laço, e depois subtrair esses valores, assim teremos o tempo de execução do programa.
Após imprimir o menor número, o boolean se torna falso, assim só o primeiro número é impresso. Veja:

public class breakTest {
    public static void main(String[] args) {
        long i = System.currentTimeMillis();
        boolean imprimir = true;
        
        for(int count=1 ; count <=1000000 ; count++){
            if((count % 17 == 0) && (count % 19 == 0))
                if(imprimir){
                    System.out.println(count);
                    imprimir=false;
                }
        }

        System.out.println("Tempo de execução, em milisegundos: "+ (System.currentTimeMillis() -i));
    }

}


Em minha máquina deu:
26 mili segundos


Mas se você quiser ser um bom profissional, não basta só saber resolver. Tem que resolver e da melhor maneira possível.
Note que que o menor número achado é 323, e o laço vai até 1 milhão! Ou seja, ele percorre de 324 até 1 milhão à toa, pois já achou o número desejado!
Ora, se ele já achou o número, 323, vamos fazer com que o laço pare, usando o comando break:

public class break {
    public static void main(String[] args) {
        long i = System.currentTimeMillis();
        
        for(int count=1 ; count <=1000000 ; count++){
            if((count % 17 == 0) && (count % 19 == 0)){
                System.out.println(count);
                break;
            }
        }

        System.out.println("Tempo de execução, em milisegundos: "+ (System.currentTimeMillis() -i));
    }

}

8 mili segundos
Menos de um terço do tempo!

Você pode pensar "Ah, de 26 mili segundos para 8 mili segundos a diferença é insignificante".
Concordo com você.
Porém, no futuro você fará aplicações maiores e que levam mais tempo, e esses pequenos detalhes farão a diferença.
Por exemplo, existem métodos que, durante um game são facilmente chamados milhões de vezes.
Multiplique essa diferença 'insignificante' de alguns mili segundos por milhões de vezes e terá um belo de um 'lag', ou lentidão. Isso se chama otimizar: fazer da maneira mais eficiente possível.

Daremos bastante enfoque para as otimizações em nosso curso de Java, como verá no exemplo a seguir.


O comando continue


Como o nome diz, ele 'continua' o laço. O comando break interrompe o laço, já o continue interrompe somente a iteração atual.

Não basta porém ser um bom profissional. Você está no curso Java Progressivo, você tem que ser um dos melhores!
Nós vamos otimizar o código passado.

Note uma coisa, queremos achar um número que seja múltiplo de 17 e 19. Ora, tal número não pode ser par, pois 17 e 19 são ímpares.
Para cada número 'count', estamos fazendo dois testes: se é múltiplo de 17 e se é múltiplo de 19.

Vamos otimizar da seguinte maneira, vamos fazer um só teste: vamos checar se é múltiplo de 2. Caso seja, nem adianta testar se é múltiplo de 17 e 19, podemos pular essa iteração.
E como pulamos uma iteração? Com o comando continue!

Veja como fica:

public class continueTest {
    public static void main(String[] args) {
        long i = System.currentTimeMillis();
        
        for(int count=1 ; count <=1000000 ; count++){
            if(count % 2 == 0){
                continue;
            }
            if((count % 17 == 0) && (count % 19 == 0)){
                System.out.println(count);
                break;
            }
            
        }

        System.out.println("Tempo de execução, em milisegundos: "+ (System.currentTimeMillis() -i));
    }

}


E temos o impressionante tempo de 1mili segundo!
De 26 mili segundos, fomos para 1 mili segundo! Impressionante esse Java, não?

Dicas e Novidades de Java por e-mail

Sabe quanto custa um bom livro de java?
Entre R$ 100,00 e R$300,00

Sabe quanto custa um bom curso presencial de Java?
Entre R$ 1.500,00 até R$ 4.000,00

Sabe quanto custa estudar pelo Java Progressivo?
Absolutamente nada.

Porém, também precisamos de sua ajuda e apoio.
Para isso, basta curtir nossa Fan Page e clicar no botão G+ do Google.