Métodos: Introdução, o que são, para que servem, como e quando usar os methods

Para ganhar uma seção na apostila online "Java Progressivo", você já deve suspeitar da importância dos métodos.

Nesse artigo, daremos uma descrição sobre o que são métodos, para que servem, como declarar, como usar e quando usar.


O que são os métdos (methods) em Java, como declarar e usar.jpg

Introdução aos métodos em Java

Até o presente momento, criamos aplicações que seguiram sempre a seqüência padrão do código.
Ou seja, de cima pra baixo.

Com o uso dos laços (while, for, do ... while), testes condicionais if else e os comandos switch, break e continue, passamos a ter um pouco mais de controle e alteramos um pouco o fluxo, ou seja, o jeito que os programas ocorriam.
Porém, eles ainda ocorrem de cima pra baixo.

Métodos nada mais são que um bloco de códigos que podem ser acessados a qualquer momento e em qualquer lugar de nossos programas.
Ou seja, não precisam estar na ordem 'de cima pra baixo' no código.


A utilidade dos métodos em Java

As utilidade são duas:

1. Organização
Tudo que é possível fazer com os métodos, é possível fazer sem.
Porém, os programas em Java ficariam enormes, bagunçados e pior: teríamos que repetir um mesmo trecho de código inúmeras vezes.

Uma das grandes vantagens, senão a maior, que mostraremos a seguir, de se utilizar os métodos em Java é que escrevemos um trecho de código uma vez (que são os ditos cujos métodos) e podemos acessá-los várias vezes.

2. Reusabilidade
Quando você for iniciar um grande projeto, dificilmente você terá que fazer tudo do zero.
Se fizer, muito provavelmente é porque você se organizou muito mal ou não fez o Curso Java Progressivo.

Aqui vai uma das dicas mais importantes do curso Java Progressivo:
Crie métodos que façam coisas específicas e bem definidas.
Isso será útil para reusabilidade.

O que queremos dizer com métodos específicos?

O que são os métdos (methods) em Java, como declarar e usar.jpg

Em vez de criar um método que constrói uma casa, crie um método que cria um quarto, outro método que cria a sala, outro que cria o banheiro, um método pra organizar a casa etc.
Assim, quando tiver que criar um banheiro, já terá o método específico para aquilo.
Veja os métodos como peças de um quebra-cabeça. Porém, são peças 'coringa', que se encaixam com muitas outras peças.


Reusabilidade é tempo. E tempo é dinheiro.
Por exemplo, no estudo deste curso, você vai criar um método que retorna as raízes de uma equação do segundo grau.
Guarde esse método com um nome que você lembre.
Em trabalhos futuros, você precisará desse método. E aí, vai sempre digitar tudo de novo?

Claro que não! Se organize! Se lembre que já fez esse método, onde guardou, vá lá, copie e coloque em seu novo projeto.


Como declarar métodos em Java

Há várias, mas várias maneiras mesmo de se declarar um método. Alguns detalhes só iremos explicar melhor quando você souber Orientação a Objetos.

A sintaxe 'geral' dos métodos é a seguinte:

[características do método] nome_do_metodo(tipos parâmetros) {
    // código 
    // do seu
    // método
}


Usando/chamando métodos

Vamos criar um método que simplesmente imprime a mensagem na tela: "Curso Java Progressivo".
Vamos chamar esse método de 'mensagem'.

Ele será um método público (public) e não irá retornar nada (void).
Um método que calcula do delta da equação do segundo grau, retorna o valor do delta, ou seja, um float.
No nosso caso, o método vai apenas imprimir uma mensagem na tela.
O 'static', assim como o 'public' e o 'void' serão explicados no decorrer da apostila.
Ele ficará assim:

    public static void mensagem(){
        System.out.println("Curso Java Progressivo!");
    }


Colocamos esse método dentro de alguma classe. No nosso caso, dentro da classe que tem o método 'main'.

Pronto. Código escrito, método declarado. Como usar o método?
Chamando! Como se chama algo? Pelo nome, ué!
Basta escrever 'mensagem();' em seu programa, onde quiser, que o método será chamado e executado.

Teste:

public class metodoTeste {

    public static void mensagem(){
        System.out.println("Curso Java Progressivo!");
    }
    
    public static void main(String[] args) {
        System.out.print("Exibindo a mensagem uma vez: ");
        mensagem();
        
        System.out.println("Exibindo a mensagem 3 vezes:");
        for(int count=1 ; count<=3 ; count++){
            mensagem();
        }
    }
}


Note que nossa classe agora tem dois métodos.
Um é o método 'main', que serve pra inicia os aplicativos Java. O outro exibe uma mensagem.

Já aqui notamos um detalhe importante: podemos, e com freqüência, invocamos um método dentro de outro.
No caso, estávamos na 'main()', quando invocamos o 'mensagem();'.

Note outro detalhe também: em vez de escrever várias vezes:
System.out.println("Curso Java Progressivo!");

Escrevemos só uma vez, no método, e chamamos o método. Mais prático, não?
Esse Java!

Mostraremos, no próximo exemplo, como criar um menu interativo, usando os métodos.
Você vai ver que com os methods as coisas ficam mais organizadas, economiza-se linhas de códigos e fica mais fácil de entender quando se olha os códigos. Além da questão da reusabilidade do código, já que você poderá sempre usar esses métodos em outros aplicativos.

Clique aqui e veja como criar um menu de opções em Java, usando laços (do ... while), o comando switch (para escolher entre as opções do menu) e 5 métodos.

Dicas e Novidades de Java por e-mail

Sabe quanto custa um bom livro de java?
Entre R$ 100,00 e R$300,00

Sabe quanto custa um bom curso presencial de Java?
Entre R$ 1.500,00 até R$ 4.000,00

Sabe quanto custa estudar pelo Java Progressivo?
Absolutamente nada.

Porém, também precisamos de sua ajuda e apoio.
Para isso, basta curtir nossa Fan Page e clicar no botão G+ do Google.